Domingo, 27 de Abril de 2008

Camponesas recebem formação sobre desenvolvimento sustentável


Uíge, 25/04 - Cento e 25 viúvas do município de Quitexe vão ser treinadas a partir da primeira quinzena de Maio próximo, para desenvolver actividades geradoras de rendimentos, no âmbito da actual visão da Organização Não-Governamental Angoavi, baseada no contexto de paz e desenvolvimento.

O facto foi anunciado hoje (sexta-feira) pelo director executivo da organização, Benjamim Faustino Matangui, quando apresentava o actual posicionamento da ONG actualmente.

Segundo o director, as viúvas que vão se beneficiar já estão identificadas e dedicam-se à agricultura de sobrevivência bem como serão treinadas para a preparação de alfobre e transplantação de diversas espécies de hortícolas e outras plantas.

Adiantou que, de acordo com o projecto, será atribuído meio hectar de terra arável a cada viúva, para desenvolver actividade agrícola capaz de produzir não só para o consumo, como também para comercializar.

Disse que , com o projecto cujo valor não avançou, a organização colocará a disposição das viúvas, sementes, alfaias agrícolas outros instrumentos de lavoura, assim como apoio técnico que criará condições para que elas possam sair dos níveis de pobreza em que se encontra actualmente.

O estabelecimento de contactos com redes comerciais que permitam a venda dos produtos a serem cultivados pelos cinco grupos solidários de viúvas, constam ainda do programa estabelecido para acelerar o melhoramento do nível de vida das viúvas no Quitexe.

A Angoavi, segundo afirmou, acredita na melhoria da qualidade de vida das viúvas e órfãos desfavorecidos com o reforço das suas capacidades que lhes permitirão gerir actividades geradoras de rendimentos, através de treinamentos baseados em técnicas teóricas e práticas, simples de aprender.

"Já que o país vive num clima de paz e tranquilidade, nós pensamos mudar de estratégia, em vez de trabalhar em projectos de emergência, preferimos os de desenvolvimento sustentável", defendeu.

Ao intervir no final da apresentação, o representante da Unidade de Coordenação Técnica e Ajuda Humanitária ( UTCAH ) na província, João Buca Dombaxe, apelou as demais Organizações Não-Governamentais que operam na região, a seguir o exemplo da Angoavi, implementando projectos que visam melhorar as condições de vida dos respectivos grupos alvos.

Estiveram presentes ao acto de apresentação do posicionamento da organização no contexto de paz e desenvolvimento, outras ongs nacionais, instituições do estado ligados à agricultura, pescas e ambiente, IRSEM, Minfamu e administração municipal.

 
AngolaPress
publicado por Quimbanze às 08:31

link do post | comentar | favorito

Governante satisfeita com melhoria na prestação dos serviços de saúde


Uíge, 24/04 - A vice-ministra da Saúde para área hospitalar, Evelise Frestas, manifestou hoje, quinta-feira, no município de Negage, 37 quilómetros a nordeste da cidade, a sua satisfação pela melhoria, na província do Uíge, na prestação da assistência sanitária às populações, consubstanciadas na construção de novas infra-estruturas.

Em declarações à imprensa no final da sua visita de dois dias efectuada à província, a governante afirmou que a construção e a reabilitação de mais infra-estruturas sanitárias: hospitais, centros médicos e postos de saúde na sede capital da província e nos municípios do interior, permitiu que o quadro sanitário da população da região conhecesse melhorias em relação aos últimos anos.

"Nós visitamos três municipios e o que nós podemos constatar é que há aspectos em que nós encontramos melhorados com relação ao que tinhamos constatado há três anos. Há mais unidades de saúde, centros, postos, isto no que toca as infaestruturas", realçou.

Manifestou também a sua satisfação pelo facto de ter constatado a existencia na província de um bom número de enfermeiros de nível básico e médio, que prestam o serviço nas unidades sanitárias locais.

Em relação ao número de médicos, deu a conhecer que o hospital central do Uíge e os demais centros de saúde da província, carece ainda de mais profissionais especializados, adiantando o ministério vai continuar a trabalhar para colmatar esta situação.

A vice-ministra da saúde, defendeu também a necessidade da abertura no Instituto Médio de Saúde local, dos cursos de laboratório e de radiologia, com vista a colmatar a escassez de especialistas destas duas áreas.

Durante a sua permanência no Uíge, a vice-ministra da Saúde reuniu-se com o governador local, António Bento Cangulo, com o director da Saúde, Kiala Gode e com os responsáveis dos hospitais municipais, bem como visitou os hospitais do Uíge, de Negage, Songo e os centros de saúde do município de Quitexe e procedeu a entrega de medicamentos diversos e colçhões para alguns centros de saúde.

 
AngolaPress
publicado por Quimbanze às 08:29

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Uíge: Polícia detém 35 supostos criminosos em sete dias


Uíge, 23/04 - Trinta e cinco supostos criminosos foram detidos preventivamente de 15 a 22 deste mês, pela Polícia Nacional na província do Uíge, em consequência de 34 crimes cometidos, informou hoje, quarta-feira, a Angop fonte da corporação.

De acordo com o relatório semanal da situação de segurança da corporação distribuído hoje a Angop, comparativamente a igual período anterior houve um aumento de 16 casos. O município do Uíge registou 16 cimes, Negage e Damba quatro crimes cada, Songo e Kimbele dois crimes e Bungo, Ambuila e Quitexe ocorreu um caso cada.

Os homicídios voluntários e involuntários, violação de menores e furtos foram os principais crimes registados durante a semana.

Segundo a fonte, um grupo de supostos 12 marginais denominado "ABABI", que se dedicava a pratica de furtos, posse e venda de "liamba" e violação, foi desmantelado durante uma micro-operação realizada no município do Uíge, capital da província, resultando na detenção de todos os seus integrantes.

Em termos de acidentes de viação, o comando provincial da Polícia Nacional no Uíge notificou 12 acidentes, que resultaram em três mortos, nove feridos e danos materiais avaliados em um milhão e quatro mil Kwanzas.

Os choques entre veículos automóveis e moto, choques entre automóveis e obstáculos fixos, atropelamentos, capotamentos e despistes são, entre outros, os acidentes registados durante a semana.

publicado por Quimbanze às 22:40

link do post | comentar | favorito

Sinal da TPA chega ao município de Dange em Maio deste ano


Luanda, 23/04 – Um centro de captação e retransmissão do sinal da Televisão Publica de Angola (TPA) está a ser construído no município de Dange, província do Uíge, no quadro do projecto do governo provincial local que pretende disponibilizar o serviço aos 31 mil 889 habitantes da localidade.

Segundo o administrador municipal local, Diamantino de Azevedo, que prestou hoje (quarta-feira) à Angop, as obras iniciaram em Janeiro deste ano e prevê-se que estejam concluídas em Maio deste ano.

A fonte acrescentou que a empreitada consiste na instalação de uma antena receptora e outra emissora do sinal e uma área administrativa, assim como na aquisição de um gerador.

Sem avançar os custos do projecto, o responsável fez saber que a empreitada enquadra-se no Programa de Investimentos Publico (PIP) 2007/2008 e a sua conclusão está prevista para Maio deste ano.

Cerca de 10 trabalhadores, na sua maioria jovens locais, trabalham na edificação do empreendimento, localizado no centro da circunscrição.

No município do Dange o sinal dos dois canais da TPA é captado via satélite, o que requer custos adicionais por parte da população.

Com três comunas, nomeadamente Aldeia Visosa, Cambambe e Vista Alegre, o município do Dange, localizado à 40 quilómetros da sede capital da província do Uíge, já foi considerado como o maior produtor de café do país antes da independência.

publicado por Quimbanze às 22:33

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Camponeses de Quitexe beneficiam de micro-crédito



Camponeses, organizados em associações e cooperativas agrícolas, no município do Quitexe, beneficiam do programa do Governo de concessão de micro-créditos, através do Banco de Poupança e Crédito (BPC), facto que vai contribuir para o aumento da produção agrícola naquela localidade, que dista a cerca de 40 quilómetros da cidade do Uíje.
Sete milhões e 138 mil Kwanzas foi o montante disponibilizado pelo BPC, para os agricultores de Quitexe, nesta primeira fase.
António André, um dos beneficiários, agradeceu o gesto do Governo e do BPC, pelo crédito que lhe foi concedido. Segundo ele, o crédito recebido vai diminuir algumas dificuldades que enfrentava no exercício da sua actividade.
“Tinha muitas dificuldades em adquirir os meios de trabalho e as sementes, para poder desenvolver esta actividade com maior dimensão. Agora, com este dinheiro, vou poder encontrar soluções, para que, num futuro próximo, possa obter resultados positivos, na altura da colheita”, sublinhou.
Tal como António André, a maioria dos camponeses do município, que beneficiaram de micro-crédito, comprometeram-se em trabalhar cada vez mais, com bastante seriedade, para que possam fazer o reembolso dos valores recebidos, de acordo com as cláusulas estipuladas no crédito bancário efectuado.

Milton Eduardo |em Quitexe

Jornal de Angola

publicado por Quimbanze às 13:52

link do post | comentar | favorito

Mais de 100 famílias carenciadas beneficiam de apoios do Minars

 


O Ministério da Assistência e Reinserção apoiou recentemente cerca de 120 famílias necessitadas no município do Quitexe, a 40 quilómetros da sede provincial do Uíje, com bens de primeira necessidade, como roupa, cobertores, material higiénico e instrumentos de trabalho.
Entre os beneficiários constam velhos, viúvas de guerra, órfãos, antigos combatentes e deficientes físicos.
Segundo José Pacheco, responsável da secção municipal do Minars, a entrega dos bens enquadra-se no programa do Governo que visa melhorar o nível de vida da população das áreas rurais.
Almeida Faustino e Augusto Kutay, beneficiários, manifestaram-se satisfeitos com a recepção dos bens, que, segundo eles, vai ajudar a minimizar algumas dificuldades que têm vindo a enfrentar diariamente. De referir que o Ministério da Assistência e Reinserção Social tem levado a cabo uma série acções para apoiar pessoas carentes.

MILTON EDUARDO / QUITEXE

Jornal de Angola

publicado por Quimbanze às 13:50

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2008

Agente detido por exigir dinheiro durante entrega voluntária de armas



Um agente da Polícia Nacional afecto ao Comando Municipal de Cangola, foi detido naquela localidade quando exigia dinheiro aos cidadãos que, de forma voluntária, procediam à entrega de armas, no âmbito do desarmamento da população civil em posse ilegal de armas.
Segundo o relatório distribuído pela corporação, a que o Jornal de Angola teve acesso, de 25 de Março a 8 deste mês, o Comando Provincial da Polícia Nacional no Uíje registou um total de 44 crimes de natureza diversa, que resultaram na detenção de 46 cidadãos suspeitos ou autores na prática de vários crimes.
Enquanto isso, 56 armas de diversos calibres foram entregues voluntariamente durante o mês de Março, pela população de Quitexe às autoridades policiais. Segundo o comandante municipal da Polícia Nacional, intendente Abreu Domingos Adão “Doy”, a população do município tem contribuído, positivamente, para o êxito da operação.

José Bule com Milton Eduardo

publicado por Quimbanze às 22:48

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Polícia Nacional regista 21 crimes em uma semana na província


Uíge, 09/04 - Vinte e um crimes diversos foram registados de um a oito deste mês na província do Uíge, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional, que resultaram na detenção de 19 cidadãos suspeitos, informou hoje a corporação numa nota de impresa.

De acordo com o documento, os referidos crimes ocorreram nos municipios do Uíge, Negage, Songo, Quitexe e Sanza Pombo, tendo sido já esclarecidos.

Entre as ocorrências se destaca um homicídio voluntário por espancamento, na aldeia Quinioma, município do Songo, que vitimou o cidadão João Monteiro, cuja acção foi praticada por António Ernesto Victor , solteiro de 27 anos de idade.

No período em referência foram igualmente registados seis acidentes de viação classificados em choques entre veículos automóveis e motos, capotamento e atropelamento que resultaram em três feridos e danos materiais estimados em 209 mil 400 Kwanzas.

publicado por Quimbanze às 19:47

link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Abril de 2008

Polícia elogia comportamento da população na entrega voluntária de armas


Uíge, 02/04 - O comandante provincial do Uíge da Polícia Nacional, sub-comissário Francisco Sebastião Fidel, elogiou hoje, quarta-feira, nesta cidade, o comportamento da população da região na entrega voluntária de armas que possuíam de modo ilegal.

O responsável da polícia fez este elogio na abertura da primeira reunião técnica provincial sobre o desarmamento de cidadãos em posse ilegal de armas de guerra, que visou abordar aspectos técnicos, funcionais e executivos do processo de desarmamento, actualmente em fase de sensibilização.

Segundo a alta patente da corporação, um número considerável de armas, que não adiantou, foram entregues voluntariamente nos últimos dias pelos munícipes do Uíge, Púri, Sanza-Pombo, Quitexe e Songo.

"Nós até agora temos um bom número de armas já recolhidas de forma voluntária. Essas armas encontram-se actualmente em posse da sub-comissão técnica e ela, posteriormente irá apresenta-las aos órgãos de comunicação social para a tomada de conhecimento", referiu.

O também delegado provincial do Ministério do Interior pediu a comissão provincial do desarmamento no sentido de conceder um espaço para a colocação de todo o material letal que está ser entregue voluntariamente e subsequentemente a ser recolhido na fase coerciva do processo.

Por sua vez, o coordenador da comissão provincial do desarmamento, Miguel Cutoca, que presidiu o encontro pediu maior responsabilidade dos membros das comissões e sub-comissões criadas na província na execução das tarefas inerentes a recolha de armas que se encontram em posse de cidadãos.

Participam na reunião, com término previsto para a tarde de hoje, representantes das Forças Armadas Angolanas (FAA), da Polícia Nacional e membros do governo local.

publicado por Quimbanze às 07:34

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.subscrever feeds

.arquivos

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.arquivos

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31